terça-feira, 26 de janeiro de 2010

A preservação da arte efémera de Alberto Carneiro

Acabou de ser disponibilizada online a seguinte tese de mestrado:

Maria Cristina de Barros Martins de Oliveira, A Preservação da Arte Efémera de Alberto Carneiro com Aplicação ao Caso de Árvore Jogo/lúdico em Sete Imagens Espelhadas, Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, 2009.

Está aqui.

Resumo:

O presente trabalho dedica-se à preservação, por via documental, das “obras efémeras” de Alberto Carneiro (n.1937), tendo como caso de estudo Árvore jogo/lúdico em sete imagens espelhadas(1973-1975). Estas são obras constituídas por materiais naturais, em bruto, e por um grande número de elementos que se distribuem pelo espaço. Nelas têm um papel preponderante aspectos intangíveis como a relação com o espaço de exposição, a distribuição espacial dos diversos elementos ou a interacção (multi-sensorial) com o espectador. É feita uma problematização da sua conservação, na qual se conclui que as estratégias tradicionalmente adoptadas não se adequam a estes casos, nos quais, não só é necessária uma relativização da importância dada ao suporte material, cuja conservação não é vital para a sobrevivência das obras, como é fundamental a preservação de aspectos intangíveis que são,vulgarmente, ignorados. Neste sentido, a documentação assume-se como a principal estratégia de preservação. A segunda parte, que se dedica ao caso de estudo, inicia-se com uma breve apresentação da obra, continuando com a discussão da metodologia aplicada no estudo e documentação da mesma – levantamento da bibliografia existente, entrevistas presenciais ao autor, acompanhamento do processo de instalação da obra e utilização de novas formas de documentação – e terminando com a apresentação de resultados.

Comentários:

Comentário de Barros Oliveira :

Bom dia,
Estava por aqui a navegar no seu blog, em busca de bibliografia, qual não é o meu espanto quando dou de caras com a minha dissertação! :D Obrigado pela divulgação! Já agora, acrescento que quem estiver interessado em ler os artigos e comunicações orais que resultaram da mesma, pode consultar o meu site, onde estão disponíveis em pdf. https://sites.google.com/site/cristinabarrosoliveira/